Controllab enriquece o controle de qualidade com variantes do SARS-CoV2

Controllab enriquece o controle de qualidade com variantes do SARS-CoV2

Para garantir a confiabilidade dos laudos laboratoriais que realizam o diagnóstico da Covid-19,  a partir de abril, o Ensaio de Proficiência para Biologia Molecular do SARS-CoV2 será enriquecido com itens de diferentes variantes do vírus e os participantes poderão reportar a identificação

A partir da descoberta das novas variantes do SARS-CoV2, especialistas passaram a discutir sobre a capacidade dos sistemas analíticos em uso continuarem identificando com precisão a presença do vírus. Essa discussão é devida a presença de diferentes mutações no genoma do vírus e a sensibilidade e eficácia dos diversos alvos genéticos para identificá-las.

Com isso, fabricantes de kits reagentes estão adequando informações e os laboratórios avaliando se os sistemas analíticos utilizados na rotina necessitam de ajustes. Para colaborar nesse cenário, a Controllab, pioneira no controle de qualidade para SARS-CoV2, enriquecerá o Ensaio de Proficiência para Biologia Molecular do SARS-CoV2 (Nasofaringe e Orofaringe).

Em abril, além dos 2 itens que compõem o programa, serão enviados mais três itens extras contendo variantes do vírus de diferentes regiões, para detecção do SARS-CoV2. O EP é constituído por itens de suspensão celular inativados e liofilizados preparados de um isolamento viral contendo o genoma completo do SARS-CoV2 (Nasofaringe e Orofaringe). Nele, os usuários já reportam identificação dos genes E, RdRp, N, N1, N2, ORF1ab, S e ORF3a.

Adicionalmente a essas identificações, os participantes que já possuem na rotina kits que distinguem as mutações, poderão reportar a variante encontrada. Essa iniciativa auxiliará tanto os fabricantes de kits quanto aos laboratórios, demonstrando a relevância do controle de qualidade para decisões sobre os sistemas implantados na rotina.

A rodada será mais uma oportunidade de protagonismo do setor diagnóstico, evidenciando a confiabilidade das rotinas analíticas. Podem participar do programa as organizações que aplicam a Biologia Molecular pelo método de Reação em cadeia da polimerase com transcrição reversa (RT-PCR) para detecção do SARS-CoV2.

Atualmente, são mais de 160 laboratórios participantes – sendo 25% de diferentes continentes – tais como Europa, Ásia e a região da América Latina. Região essa que engloba 7 países distintos, entre eles, o Brasil. Os perfis dos laboratórios participantes comprovam a heterogeneidade dos dados, contribuindo para um robusto programa de comparação interlaboratorial.

“Essa também é uma oportunidade para fornecedores e os fabricantes de kits diagnósticos evidenciar o desempenho e a representatividade dos resultados dos seus sistemas analíticos ao mercado”, informa Jéssica Gomes, supervisora da Gestão de Serviços.

Fornecedores e fabricantes que desejam inscrever seus usuários, assim como os laboratórios que ainda não aderiram ao EP Biologia Molecular Coronavírus (SARS-CoV2), podem acessar a página do programa para participar.

Para saber mais, acesse o site, contate-nos pelo e-mail contato@controllab.com ou pelos telefones e WhatsApp (21) 97901-0310 e (21) 98036-1592.

Notícias relacionadas

Assine nossa newsletter

Receba publicações relevantes sobre laboratório e soluções para 
gestão da qualidade.

ENTRAR
AVISO DE COOKIES

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, possibilitando uma navegação mais personalizada, de acordo com as características e o seu interesse.

Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade e Segurança.

PRM 0009

Acreditação Cgcre/Inmetro - Produtor de Material de Referência Certificado

A Controllab é acreditada como Produtor de Material de Referência Certificado (MRC) desde 2016 pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE), do Inmetro, sob o n.º PMR 0009. A avaliação dessa conformidade é realizada conforme os requisitos estabelecidos nas normas ABNT NBR ISO 17034 e Inmetro, garantindo assim a competência para a produção dos MRC, conforme Escopo de Acreditação.

Esta acreditação atesta a competência técnica da Controllab em produzir MRC, conforme requisitos internacionais e a habilita para ser reconhecida em outros países, conforme acordos de reconhecimento mútuo, estreitando as barreiras técnicas entre o Brasil e os outros países dos Continentes.

CAL 0214

Acreditação Cgcre/Inmetro - Laboratório de Calibração

Em dezembro de 2002, o Laboratório de Calibração foi acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Inmetro. Com esse reconhecimento, tornou-se parte integrante da rede brasileira de laboratórios acreditados, sob o nº214. Desde então, é avaliado periodicamente para a manutenção e/ou extensão da acreditação.

O selo do Inmetro atesta competência técnica, credibilidade e capacidade operacional da Controllab para os serviços de calibração, conforme requisitos da ABNT NBR ISO/IEC 17025.

PEP 0003

Acreditação Cgcre/Inmetro - Laboratório de Controle

Em setembro de 2011, a Controllab foi acreditada pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Inmetro como provedor de ensaio de proficiência, sob o nºPEP0003. Inicialmente dentro de um projeto piloto do Inmetro, esta acreditação baseou-se na ILAC G13: 2007 e incluiu diversos ensaios clínicos e de hemoterapia. Nas avaliações periódicas desta acreditação novos segmentos e ensaios são incluídos e a avaliação passa a ser conduzida segundo a ABNT NBR ISO/IEC 17043.

Esta acreditação atesta a competência técnica da Controllab em desenvolver e conduzir ensaios de proficiência conforme requisitos internacionais e a habilita reconhecida em outros países, conforme acordos de reconhecimento mútuo firmados pelo Brasil no Mercosul, Américas e Europa.